Adriana (Drika) Paiva é #TeamLobao

Nova Drika

Oi!!!!

Passadas as festas e feriados, que tal uma mega inspiração pra começar o seu “projeto saúde”?

Eu amoooo contar histórias legais e a da Drika é MARA! Ela eliminou 20 quilos e hoje está inspirando muita gente! Vamos conferir?

Desde criança sempre fui gordinha. Meus pais nunca se preocuparam com isso e eu venho de uma família cheia de gordinhos também. Eu comia muita bobagem o tempo todo, guloseimas principalmente, pois eu era viciada em açúcar. Se eu ficasse mais de um dia sem um docinho eu ficava louca. Fora que trocava facilmente almoço ou jantar por um pacote de biscoito recheado e um copão de leite com toddy. Na verdade, comia totalmente errado, não tinha horários, não tinha fundo e também não bebia água. E isso foi acontecendo desde criança até eu me casar. Enquanto eu estava solteira ainda tinha uma mínima preocupação em não engordar demais, então eu começava academia pra simplesmente continuar comendo sem preocupar. Depois que eu casei eu descuidei muito pois meu marido ama comer fora e eu amava poder comprar pra minha casa tudo de mais gostoso que eu pudesse consumir. Eu dizia que minha casa era a alegria da criançada, com os armários lotados de porcarias. Porém quando eu assustei nada mais me servia, comecei a ter dores de coluna e nos joelhos e quando vi já estava quase na casa dos 3 dígitos.

O que tentei fazer para emagrecer?

Enquanto eu estava solteira ou de namorinhos, à minha maneira, sempre fui vaidosa. Gostava de comer mas também gostava de me arrumar, de andar bem vestida e eu sempre fui aquela gordinha “socada”, então não queria me incomodar muito com peso. Apesar de ouvir piadinhas sobre meu corpo às vezes, eu sempre dizia que “me aceitava” daquele jeito. Então não recorria a dietas malucas, eu não tinha força de vontade suficiente pra isso. Tentava de vez em quando parar de comer algo e entrava na academia mas nunca durava muito tempo e eu não via diferença nenhuma.

Qual foi o momento da virada, que me fez querer emagrecer definitivamente? Como foi isso?

Resolvi procurar ajuda pois tinha medo de engravidar um dia e ainda estar tão obesa. “Que saúde eu passaria pro meu filho?” “Se meu corpo já não estava mais suportando 94kg, imagina grávida?” “E o depois?”. Muitas questões começaram a passar na minha cabeça e isso me fez acordar. Eu, que dizia que não queria emagrecer se fosse para parar de comer, que não queria fazer nenhum sacrifício, que só iria emagrecer se conseguisse um remédio forte… estava naquele momento disposta a passar por cima de tudo e mudar totalmente de vida! Naquele momento eu pensei “Preciso emagrecer, controlar meu peso, aprender a me alimentar para um dia poder engravidar com saúde e sem medo”. Foi quando procurei indicação de um bom nutricionista e comecei a reeducação alimentar.

Quanto tempo demorei para emagrecer? Quanto emagreci? O que fiz?

Eu comecei em Agosto de 2014 com muito foco e sede de mudança e seguia à risca toda a recomendação do especialista. Fazia muitas pesquisas no google para aprender cada dia mais e mais. Deixei de ir em muitos eventos familiares e sociais para não cair em tentação pois sabia que ainda não tinha autocontrole; Chorei muito nos primeiros dias devido a abstinência dos carboidratos ruins e do açúcar. Mas me mantive firme. No primeiro mês eu não consegui fazer exercícios físicos, me sentia fraca e o nutricionista me pediu pra esperar um pouco antes de começar. Mesmo assim, no primeiro mês consegui perder 7kg. Com essa perda inicial fiquei muito motivada e no segundo mês comecei a fazer exercícios leves em casa através de vídeos no youtube e aplicativos no celular. No primeiro dia não aguentei mais que 15 minutos. Estava totalmente enferrujada e sem preparo. Mas fui aumentando gradativamente o tempo de exercício: 15, 20, 25, 30 minutos… Me esforçando o máximo para fazer 5 a 6x na semana. E assim consegui perder mais 5kg no segundo mês. Fiquei mais empolgada ainda e comecei a fazer musculação com a consultoria de um amigo personal trainer no terceiro mês. E resolvi também criar um grupo de emagrecimento no Whatsapp e registrar minha rotina no Snapchat. Isso me ajudava a manter o foco e a motivação. E quando assustei já tinha várias pessoas me acompanhando e lutando essa batalha comigo. Além de que a ideia de estar ajudando outras pessoas é algo que me traz uma satisfação imensa. Na academia tive um treino intervalado em formato de circuito que exige muito de mim e me faz sair exausta porém com aquela sensação de mais um dia vencido. Fazia o treino 4x na semana e 2x ainda fazia um exercício em casa através do youtube. Com 15 dias de academia eu já via muita diferença no meu corpo que começou a se desenhar e isso me encantava. Logo, já me vi viciada na academia. Minha consciência pesava muito se eu sequer pensasse em não ir. Ia cansada, com dores, com cólica, doente. Não deixava de ir de jeito nenhum. E esse tempo todo mantendo firme a minha alimentação sendo que a partir do terceiro mês tirava uma refeição livre a cada 15 dias para não desanimar. No total até hoje já perdi 20kg em 5 meses somente com a reeducação alimentar e exercícios físicos.

Como é minha rotina hoje?

Hoje eu me sinto outra mulher. Vejo minhas fotos e não consigo acreditar onde cheguei. Nunca imaginei que era capaz de tanto. Porém, tenho uma meta pessoal de perder mais 10kg de gordura e permaneço nela firme e forte. Com isso continuo com minha reeducação alimentar e me exercitando na academia e em casa 6x por semana. Além de beber muita água ao longo do dia. Não me sinto nunca em uma dieta restrita. Sinto apenas que mudei meu estilo de vida pra melhor e me apaixonei por tudo isso. Me apaixonei tanto que pretendo cursar Nutrição em um futuro próximo. Hoje eu não deixo de comer o que eu gosto, pois eu aprendi a ter controle sobre meu corpo e assim posso desfrutar da vida como as outras pessoas também. Minhas refeições livres programadas então sempre na minha agenda e saber que terei esse momento me dá ainda mais força para permanecer firme no meu propósito nos demais dias.

Se eu pudesse dar um conselho para quem está lutando para emagrecer, qual seria?

O que me deu mais força foi pensar em viver um de cada vez. Isso mudou minha forma de lidar com tudo. Seguir meu dia-a-dia matando um leão por dia. Pois vejo muitas pessoas desistindo porque acham que vai demorar demais, ou que não estão vendo resultados de um dia para o outro ou porque se entregam as dificuldades. E não funciona assim, todos sabemos. Eu sempre pensava “Só por hoje eu não vou sair da minha dieta.” “Só por hoje, mesmo acabada, vou fazer meu treino até o final.” “Só por hoje vou vencer a preguiça.” E assim fui vencendo, dia após dia. Registrando semanalmente através de fotos a mudança do meu corpo e tendo consciência que o que importava era a minha composição corporal (porcentagem de gordura x massa magra) e não somente o peso.

O que acredito que tenha me ajudado mais?

Ter um objetivo claro e consciente. Eu precisava emagrecer para melhorar a saúde. Era necessário emagrecer para engravidar um dia. Eu tive que tomar consciência de que meu corpo gritava por socorro e eu não poderia trazer uma criança ao mundo através de um corpo em caos. Então o meu objetivo me ajudou a não pensar somente em mim mas nos outros também. Quero dar um filho saudável ao meu marido, quero ser uma mãe que vai saber cuidar verdadeiramente da saúde do filho. E com o tempo, firme nesse objetivo que foi o que me fez dar o primeiro passo, eu aprendi a me ver com outros olhos e a me amar mais. Descobri uma beleza em mim que jamais havia percebido e quero zelar por ela. Meu marido nunca me menosprezou por estar acima do peso, ele me amou em todos os momentos e isso também me deu mais força ainda de querer mudar por ele e dar o meu melhor para as pessoas.”.

 

Incrível, não é?

Se quiser saber mais da rotina da Drika, seguem as redes sociais desta lindeza:

Instagram: @projetonovadrika     Snapchat: projetonovadrik

antes e depois -20kg                 DrikaT

E se você também quiser compartilhar sua história, escreva para maira@mairalobao.com.br

Bjim