Ju Zamboni é #TeamLobao

Ju Zamboni

Bom dia!!!!

Hoje inauguro uma nova coluna aqui no site, que é o #TeamLobao!

Semanalmente vou contar a história de vocês que estão na luta para mudar seu estilo de vida e que tem, com muito esforço, conseguido vencer esta batalha!

Espero que a história destes guerreiros toque e estimule vocês, como tem me estimulado a seguir em frente!

E se você quiser ter a sua história contada aqui, me escreva (maira@mairalobao.com.br)!!!! Adoro saber mais sobre vocês!!!

Bjim no coração e vamos conferir a história da minha amiga Ju Zamboni que já eliminou 40 quilos e ainda quer ir muito além!!!

“O CONVITE

Mal pude conter minha emoção quando fui convidada por minha amiga e musa inspiradora Maíra Lobão, para dividir com vocês a minha jornada aqui nesse site que já nasceu sucesso! Espero estar a altura e poder contribuir um pouquinho aqui com a minha história, onde você, Maíra Lobão, foi e sempre será peça chave para eu conseguir atingir os meus objetivos.
O PROBLEMA
Por anos luto contra a balança… Mas depois que fui morar no interior de Minas Gerais, cheguei no meu auge de peso:128 quilos. Posso listar aqui milhões de desculpas, mas é obvio que meu ganho de peso foi devido a uma matemática simples: ingestão de calorias maior que o gasto, ou seja, comia e bebia muito e estava totalmente sedentária.
A VIRADA I – O CAMINHO MAIS CÔMODO
Então, um belo dia resolvi mudar, decidi olhar para mim mesma, encarar a minha realidade, tomar o controle da situação e emagrecer. Como Já tinha feito todas as dietas possíveis e impossíveis do planeta, tomado remédios dentre outros métodos e realmente estava descrente nos métodos tradicionais, resolvi que faria a cirurgia de redução do estômago. A primeira coisa que fiz foi uma lista com mais de 50 itens que eu denominava “Motivos para fazer a bariátrica”. Depois procurei o cirurgião, e comecei a fazer todos os exames e laudos.
A VIRADA II – FAZENDO O MELHOR
Estava a ponto de fazer a bariátrica quando voltei a morar em Belo Horizonte. Foi quando meu irmão e uma amiga, educadores físicos, me convenceram que eu tinha que me dar uma chance e tentar emagrecer pela maneira tradicional: REEDUCAÇÃO ALIMENTAR E ATIVIDADE FÍSICA! Como estava desempregada, resolvi me permitir a isso, já que falta de tempo não seria mais desculpa.
Marcamos então uma consulta com a nutricionista e avaliação física, fizemos a ficha da musculação e planejamos a rotina da ginastica coletiva. Pronto! Depois de tudo devidamente planejado, marquei a data de início e no final de semana anterior me despedi de tudo que poderia comer e beber e comecei no dia 2 de março de 2015.
A TRAJETÓRIA
Fiz exatamente o que me foi proposto pelos profissionais. Nunca tinha feito isso na vida. Sempre me boicotava em pouquíssimo tempo. Mas dessa vez resolvi ser radical como nunca tinha sido e deu certo. Os 120 primeiros dias foram totalmente restritivos. Sem escapadas, sem substituições, sem boicotes. Depois que perdi os 20 kilos iniciais deixei de ser tão radical.
Mas eu aprendi a planejar o meu mês. Por exemplo, escolho 2 dias para beber álcool e sigo isso à risca. Criei uma rotina que transformou os meus hábitos. Lembrando que hábito é repetição e para repetirmos, necessitamos de disciplina e a disciplina antecede a espontaneidade.
A INSPIRAÇÃO
Sou amiga de Maíra desde o século passado rsrsrs e, por isso, sempre fomos amigas nas Redes Sociais. Acompanhei toda a jornada dela em busca de uma vida saudável. Ela sempre foi um grande motivo de orgulho e inspiração para mim. Então quando eu tomei a decisão de emagrecer, tomei também a decisão de me expor como forma de comprometimento comigo mesma. Mas descobri que expor o meu lado feio e as minhas fraquezas, o meu lado bonito sobressai. A motivação que recebo diariamente de todos, inclusive de desconhecidos, é sensacional. Isso gerou uma força dentro de mim que me fez mudar de fato. Ser amparada me trouxe uma sensação muito grande de proteção.
MUDANDO O MAIS IMPORTANTE: A CABEÇA
O que mais mudou aqui foi a cabeça…. De repente eu perdi o meu medo em aceitar os meus defeitos, comecei a olhar para dentro de mim mesma e essa atitude me trouxe libertação. E junto dessa libertação surgiu uma enorme fé em mim mesma, o que me fez mudar totalmente de atitude. Para mim, essa frase nunca fez tanto sentido: mente sã, corpo são.
O RESULTADO: EU POSSO, VOCÊ PODE.
Hoje, 10 meses depois do início da minha jornada, comemoro muito os meus 40 quilos eliminados (perdidos não, vai que eu os encontre… rsrsrs) e sigo na luta para eliminar os 18 kg que ainda me faltam! 🙂 A minha meta é eliminá-los ainda no primeiro semestre desse ano. Não adquiri os quilos em excesso de uma hora pra outra, foram anos a fio engordando. Portanto minha meta pode mudar de acordo com o meu ritmo. Mas a cada quilo eliminado faço uma festa. E assim farei até o fim.
Fico por aqui com um sentimento de gratidão enorme por estar inaugurando essa sessão do site da Mai. Convido a todos a me seguirem nas redes sociais e aproveitarem as dicas e receitinhas de comidas fit e gostosas. E desejo boa sorte pra todo mundo! E contem comigo!
Obs.: Ahhh lembram da lista dos “50 itens/desculpas”? Já consegui eliminar 44 !! Os outros 6 ainda não porque estamos no verão e são coisas que irei fazer no inverno… Me aguardem!!!
IG: @juzambonibh“.
 Juliana Zamboni